Evento Técnico PMI-MG

Acontece no dia 31 de Março em Uberlândia-MG, o 1º Encontro Técnico do PMI-MG com o tema: “As melhorias e mudanças do PMBOK® 4ª edição e seus impactos nas certificações CAPM e PMP“. O encontro será ministrado por Lionardo Dias de Souza, PMP e coordenador do Escritório Regional PMI-MG, com sede em Uberlândia.
O evento tem o objetivo de apresentar as principais mudanças e apontar as melhorias do PMBOK® em sua 4ª edição, e ilustrar com cenários quais serão os impactos destas mudanças nas certificações CAPM e PMP.
Informe-se pelo e-mail: regionaltriangulo@pmimg.org.

Como afundar um projeto

Diversos estudos acerca de Gerenciamento de Projetos, mostram que a maior parte (cerca de 70%) fracassam. Mas o porque desse número tão grande?
Um artigo publicado no capítulo do PMI São Paulo mostra 10 maneiras de afundar um projeto, citadas abaixo:

  1. Seja prático: quanto mais genérico estiver o escopo, menor a chance de o cliente reclamar por detalhes;
  2. Comece a execução o mais rápido possível (para que planejar, se ocorrerão mudanças?);
  3. Concentre-se no trabalho – evite se comunicar com o cliente;
  4. Não documente as mudanças – isso poupará você de discussões com o cliente;
  5. Exceda as expectativas do cliente: acrescente serviços / produtos extras ao contrato;
  6. Gestão de Riscos? Contar com a sorte é a única saída!;
  7. A preocupação com a qualidade aparece apenas nas últimas etapas da execução, afinal, o que importa é o “acabamento final do produto”;
  8. Evite a burocracia – preencher formulários é perda de tempo! Documentação só serve para alimentar o arquivo morto!;
  9. Faça a equipe trabalhar ao máximo para evitar atrasos – horas-extras são fundamentais para manter a equipe “ligada”;
  10. Livre-se da “papelada” após o término do projeto! Informações passadas não movem moinhos!

Siga estes passos e veja seu projeto afundar! Fica aí a dica.

Um pouco sobre Projetos

Já comecei a falar sobre Gerenciamento de Projetos, mas não caracterizei exatamente o que é um projeto. Mas o que é um projeto?

Um projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

Ou seja, é um conjunto de atividades não repetitivas, executadas de forma sincronizada, que contam com recursos temporários, com o objetivo de alcançar um resultado pré-estabelecido, com prazo definido e recursos limitados. Enfim, um projeto possui as seguintes características:
-Temporariedade: projetos tem uma duração finita, com início e fim definidos.
-Individualidade: o produto ou serviço gerado não foi realizado anteriormente.

Exemplos de projetos:
-Escrever um livro;
-Planejar uma viagem;
-Construir uma casa.

Mas, projetos podem ser subdividos, bem como podem ser parte de programas. Como assim?
Quando um Projeto necessita ser subdivido em diversas partes para compor um projeto final, este é denominado Subprojeto.
Já o termo Programa, define um conjunto de diversos Projetos reunidos em um conjunto de benefícios ou estratégias comuns, podendo ter vida própria isoladamente.

Gerenciamento de Projetos, segundo o PMBOK

No mês de Setembro tive a oportunidade de participar de um curso sobre Gerenciamento de Projetos, que apesar de já ter publicado por aqui, sobre a alta na procura por profissionais certificados, ainda não havia falado sobre Gerenciamento de Projetos. É exatamente sobre isso que vou falar agora.
O curso abordou desde as fases, processos e os requisitos necessários para se obter a certificação de PMP (Project Management Professional) junto ao PMI (Project Management Institute). A metodologia segue o padrão estabelecido pelo PMBOK, guia oficial do PMI. Segundo o PMBOK, Gerenciamento de Projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas nas atividades do projeto a fim de atender os requisitos do projeto. Com isso, busca-se alocar devidamente os recursos (materiais e humanos), o orçamento e tempo para entrega, com o objetivo de atingir a qualidade e o desempenho desejado para a finalização do projeto.
Existem em todo o mundo, associações denominadas Chapters (Capítulos), que unem profissionais de uma mesma região que trabalham no campo de Gerenciamento de Projetos. No Brasil existem diversos Capítulos, e uma listagem completa pode ser visualizada no site do Capítulo de São Paulo: http://www.pmisp.org.br/pmi_brasil.asp
Em breve, postarei mais detalhes sobre Gerenciamento de Projetos.

Polícia Militar de SP – primeiro caso mundial de uso do ITIL 3.0

A PMESP (Polícia Militar do Estado de São Paulo) está desde dezembro/2007 em processo de implementação da biblioteca de melhores práticas ITIL v 3.0, para melhorar a eficiência da área de tecnologia da informação e assegurar o controle em relação à demanda de 4 milhões de informações diárias., além de ser responsável pela segurança de 645 cidades do estado.
De acordo com o itSMF Brasil, este é o primeiro caso de sucesso da nova versão da biblioteca em todo o mundo.

ITIL e o PMBoK

A implementação do ITIL 3.0 foi baseada no PMBOK (Project Management Body of Knowledge – um conjunto de práticas de gerenciamento de projetos) tem conclusão prevista para o fim de 2009.

Maiores detalhes no ComputerWorld.

Certificações PMP em alta

Muitas empresas continuam desperdiçando tempo e dinheiro em projetos que, ou acabam antes mesmo de serem concluídos, ou extrapolam o orçamento e prazo previstos. Isso está fazendo com que essas empresas busquem profissionais capacitados para gerir seus projetos e programas, preferencialmente com a certificação PMP (Project Management Professional), conferidas pelo Project Management International (PMI).

Mais detalhes sobre o assunto, no ITCarrers.