A FAPESP enviou nesta segunda-feira (6/4) ao CERN, um memorando de entendimento para formalizar a participação de pesquisadores brasileiros no Worldwide LHC Computing Grid (WLCG), uma colaboração global que reúne mais de 140 centros de computação científica em 35 países.

O objetivo do WLCG é fornecer e manter a infraestrutura de análise e armazenamento de dados de toda a comunidade de física de altas energias que participa dos experimentos do LHC, o maior instrumento científico já construído. O acordo entre FAPESP e CERN também envolve a Universidade Estadual Paulista (Unesp).
Fonte: Inovação Tenológica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.