Para quem acredita que fãs de música pesada (metal) são agitados e tomados por sentimentos de raiva, precisa conhecer a pesquisa publicada na Frontiers in Human Neuroscience.

Ouvir metal combate depressão e raiva, diz estudo

Ouvir metal combate depressão e raiva, diz estudo



Contrariando o pensamento comum, o estilo musical composto por sons caóticos, altos, pesados ​​e potentes, tem a capacidade de deixar a pessoa mais tranquila e até mesmo, aumentar as emoções positivas.

O estudo

O experimento foi realizado com 39 ouvintes de música extrema com idade entre 18-34 anos, que foram submetidos a uma indução de raiva, seguido de atribuição aleatória de 10 minutos para ouvir música extrema a partir de sua própria playlist ou 10 minutos silêncio (controle).

Os resultados

Os resultados mostraram que as classificações de PANAS (teste que avalia a escala de afetos positivos e negativos) sobre hostilidade, irritabilidade e tensão aumentou durante a indução da raiva, e diminuiu após a música ou o silêncio.

Conclusão

Por fim, chegou-se a conclusão de que ouvir música extrema pode representar uma maneira saudável de processar a raiva para esses ouvintes. Ou seja, os resultados refutam a noção de que a música extrema provoca raiva. Porém, mais pesquisas são necessárias para validar essas descobertas em contextos sociais e para investigar as contribuições potenciais de variáveis ​​ouvinte individuais sobre a relação entre ouvir música extrema e o processamento de raiva.

Leia o estudo completo em Frontiers in Human Neuroscience.

Faça o teste:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *